Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Chegando ao Camboja

Chegamos ao Aeroporto Internacional de Siem Reap (inaugurado em 2006 e que movimenta o maior número de passageiros no Camboja), vindo de Singapura, no dia 04 de novembro.

Ficamos hospedados no Parklane Hotel (Street Taphul, Tapoul Village). Localização excelente, um atendimento atencioso e quartos limpos com TV, ar condicionado, máquina café/chá, secador de cabelo e wi-fi gratuito. Diária, incluindo café da manhã e ainda o translado aeroporto-hotel, a US$ 25. A reserva foi feita pelo booking. com

Ao chegarmos, o Thy, nome do motorista do tuk-tuk (transporte típico no Camboja) do hotel, já nos aguardava. A sinalização nas ruas está toda escrita em inglês ou transliterada e em Khmer (língua oficial do país).

A moeda local é o Riel, mas tudo pode ser pago em dólar americano tranquilamente.
A estação seca no Camboja começa em novembro e termina em março. A temperatura estava agradável (menos de 30º C), considerando que estávamos vindo de Singapura onde o calor é quase insuportável, mas pegamos uma forte chuva no segundo dia. O período chuvoso, geralmente, dura de maio a outubro.

A população do país é de, aproximadamente, 14 milhões de habitantes, sendo 700 mil só em Siem Reap. O Camboja é o 68º país mais populoso do mundo e tem o budismo como religião oficial, praticado por cerca de 95% da população cambojana. Os grupos minoritários do país incluem vietnamitas, chineses e outras 30 tribos. Faz fronteira com a Tailândia, o Laos e o Vietnã. A língua oficial do país é o khmer, que tem uma bela escrita.

No caminho, hotéis, tuk-tuks, motos com 3, 4 ou 5 pessoas (bastante comum), pagodas (torres escalonadas, construídas nas tradições originárias da Ásia Oriental), e monges, muitos monges nas ruas.

No Camboja, o fuso horário é bem diferente do Brasil: são 10 horas a mais.

O jornal mais lido é o Cambodia Daily, impresso em duas línguas: khmer e inglês. Todas as placas das atrações turísticas estão escritas em khmer, mas também transliteradas para a compreensão dos visitantes.

Aproveite a visita para ir aos museus da cidade. Costumam abrir bem cedo: 7h30 ou 8h. 

Visitantes (últimos 7 dias)

Visite Blog RotaCinema

  • Tom na Fazenda (Tom à la Ferme) - *País*: Canadá/França *Ano*: 2012 *Gênero*: Suspense *Duração*: 102 min *Direção*: Xavier Dolan *Elenco*: Xavier Dolan, Pierre-Yves Cardinal, Lise Roy e Eve...
    Há 3 dias

Postagens populares

Tags

Cambodja, Campuchea, camboga, Kamboja, Kambuja, khmer vermelho, Reino do Camboja, Guerra do Vietnã, dicas de viagem, blog simone, viagem barata, Simone Rodrigues Soares.

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP